URBANO CONCRETO

Sólidos que se acumulam em formas concertas e pré-fabricadas, que invadem a paisagem natural e desenham contornos geométricos. Há beleza, sim, na urbe. Não duvide!

Fruto da criatividade humana, as megalópoles foram engenhadas para tornar a vida mais prática, ou seja, para concentrar as atividades que se desenvolveram junto da sociedade moderna. Na contemporaneidade, tornaram-se centros pulsantes, diversos e, porque não dizer, inchados. Se perdem como cenário idílico, ganham em cultura e transbordam em profundidade intelectual.

lady-gray

LADY GRAY

Quem espera encontrar uma cidade sisuda, conservadora, cheia de senhores de cartolas, vai se surpreender com a energia vibrante de Londres. É claro que a Inglaterra não é um país tropical e talvez seja aí que resida seu charme: contido, todavia, encantador. Características que, aliás, também servem para definir seus habitantes. O fog londrino e o céu constantemente nublado desvelam bem mais do que cinquenta tons de cinza para nosso olhar. Quem encanta-se com as nuances do quartzo fumê, certamente percebe que discrição é um perfeito sinônimo para elegância.

selva-pedra-ny

SELVA DE PEDRA

Se você conseguir lá, você consegue em qualquer parte, já diria a canção. Mas qual o motivo de Nova York City ser tão afamada? A maior concentração de seres humanos incríveis por metro quadrado? A urbanização geometricamente rabiscada? A efervescência globalizada reunida numa ilha? Seu parque central,  tal qual um coração verde? Há quem diga que só encontra paz em meio à selva de concreto. Se houver um comparativo na joalheria, Nova York é como um quartzo preto: dotado de magnetismo e, indiscutivelmente, sofisticado. “Cem vezes pensei que Nova York é uma catástrofe; cinquenta vezes, que é uma bonita catástrofe”, definiu Le Corbusier.

berlin

ZEITGEIST

Marcada por duas guerras mundiais e dividida por um muro durante quase três décadas, Berlim é resiliência e reinvenção. Das contradições e improvisos que a caracterizaram, a capital alemã soube se refazer a partir dois mundos que se chocaram. Mais do que reconstrução, a cidade formou seu Zeitgeist, seu espírito de uma época, projetando arte, cultura e influência para todo o mundo. Dos edifícios antigos de Charlottenburg à vanguarda de Kreuzberg, Berlim prega o multi-cultural. Tonalidades preciosas, que conferem à vida liberdade de expressão.