Atitude: Proezas notáveis

Exatidão, velocidade, audácia. A acrobacia aérea é um esporte de alto nível. Radical por essência e rigorosa por dever. Técnica, maestria, estilo. Não há margem para erros nem hesitações. Loucura? Balé fascinante! Um espetáculo de coragem e ousadia entre homem e máquina. Baseado na França, o Breitling Jet Team é a maior patrulha de elite de voo profissional civil. Seus feitos impressionam. A mais de 700 quilômetros por hora, as aeronaves chegam a distar menos de três metros umas das outras enquanto roubam o fôlego de quem as assiste em terra firme. Fogo-rápido. Uma sucessão de figuras perfeitamente calculadas, sincronizadas e alinhadas nos mínimos detalhes. A ilustração dos valores celebrados pela marca relojoeira: performance, precisão, sofisticação, estética e inovação. Seja bem-vindo a um mundo de proezas notáveis.

Parceira privilegiada da aeronáutica, já em 1931 a Breitling incluiu em seu portfólio de “especialidades” os cronógrafos de bordo, que permitem o cálculo preciso da duração dos voos, mesmo em condições extremas. Durante a Segunda Guerra, as hélices da Royal Air Force dos caças eram equipadas com esses modelos. A história junto à aviação, tanto nos cockpits quanto no pulso dos pilotos, manteve-se sólida. O cronógrafo de pulso Navitimer – que acompanhou o astronauta Scott Carpenter em seu voo orbital a bordo da cápsula Aurora 7, em 1962 – tem sido fabricado continuamente há seis décadas. Dotado de uma régua de cálculo circular é o mais antigo cronógrafo mecânico ainda em produção no mundo. Objeto de culto para pilotos e amantes da aeronáutica.

O ritmo do Breitling Jet Team expressa uma atitude destemida. A aviação é uma dura escola, na qual não há espaço para mais nada senão a excelência. Os pilotos – a maioria proveniente da Força Aérea Francesa ou da Patrouille de France – chegam a treinar dois a três voos diários, quatro vezes na semana, em sessões de 40 exaustivos minutos. Além de serem submetidos a exercícios específicos na base, em Dijon, para suportarem as acelerações repentinas, uma força superior a 8G (na qual a pessoa tem a sensação de pesar oito vezes seu peso real), estresses e tensões inerentes ao voo.

Após completar a mais recente turnê pela Ásia, a equipe iniciou o treinamento da American Tour 2015, primeira aparição em continente americano, com apresentações pelos quatro cantos dos Estados Unidos e também no Canadá. Os sete L-39C Albatros, as feras dessa beleza, irão voar sobre locais míticos, tais como Cape Canaveral e Miami, na Flórida, a Estátua da Liberdade, em Nova York, o Memorial do Monte Rushmore e Monument Valley. Os shows acrobáticos duram, em média, 20 minutos. O piloto-líder, Jacques Bothelincom, puxa as formações simétricas e é acompanhado pela equipe em manobras que desafiam o fôlego. A fumaça biodegradável expelida pelos jatos, a trilha sonora especial e os fogos de artifício arrematam o espetáculo.

Para celebrar a turnê atual, a Breitling criou uma versão exclusiva de marcador de tempo. Editado em 500 exemplares devidamente numerados, o Chronomat 44 Breitling Jet Team American Tour Limited Edition distingue-se pela caixa em aço e mostrador pretos, detalhes em amarelo (uma das cores do time) e fundo gravado com o logotipo oficial da American Tour.