Atitude: Avant-Garde

O cliente TAG Heuer é caracterizado pelo bom gosto e espírito jovem. São pessoas que não abrem mão de estarem atualizadas com as últimas novidades do mercado e que prezam produtos da mais alta qualidade” – Freddy Rabbat

 “Os embaixadores são escolhidos por terem afinidades e valores em comum com a marca. São talentosos, bem sucedidos e referências em seus meios de atuação” – Freddy Rabbat

Inovação, tecnologia, elegância e precisão. Esses são apenas alguns dos pilares nos quais a centenária TAG Heuer têm baseado seus icônicos e premiados modelos. Desde a invenção do pinhão oscilante (componente fundamental dos cronógrafos até hoje), em 1887, até a consagração do modelo Mikrogirder com o Aiguille d’Or (Grand Prix da Relojoaria de Genebra), em 2012, a marca não só revolucionou a relojoaria com modelos pioneiros como também esteve presente em momentos marcantes da história. E mesmo com tantas conquistas, não dá sinais de satisfação e continua surpreendendo e se reinventando.

Em 1860 Edouard Heuer deu início, numa pequena oficina na Suíça, ao que mais tarde se tornaria uma das mais conceituadas relojoarias do mundo. Desde então a marca passou por grandes mudanças, como a decisão de fazer parte do grupo LVMH, em 1999, um dos maiores grupos empresariais da Europa, e criou modelos renomados como o Carrera e Mônaco V4. A Revista Manoel Bernardes conversou com exclusividade com Freddy Rabbat, distribuidor da TAG Heuer no Brasil, sobre a história da marca e as principais novidades para esse ano.

Revista Manoel Bernardes: A marca é uma das mais prestigiadas do mundo. Quais os principais diferenciais dos produtos TAG Heuer?

Freddy Rabbat: Os relógios TAG Heuer são produtos únicos por conseguirem unir de maneira perfeita o luxo com a esportividade. São peças modernas e inovadoras e que trazem em seu DNA a tradição relojoeira Suíça com a praticidade do uso no dia a dia.

RM: Como descreveria o perfil do cliente TAG Heuer?

FR: O cliente TAG Heuer é caracterizado pelo bom gosto e espírito jovem. São pessoas que não abrem mão de estarem atualizadas com as últimas novidades do mercado e que prezam produtos da mais alta qualidade.

 RM: Qual modelo considera o carro-chefe da marca?

FR: É muito difícil citar um único modelo. O Fórmula 1 é muito querido pelos consumidores, o Mônaco é um clássico atemporal, o Aquaracer um ícone dos esportes náuticos. Mas se tiver que escolher apenas um, acredito que seja o Carrera.

RM: A marca está associada a grandes esportistas e personalidades, como Ayrton Senna, Tiger Woods e Leonardo Di Caprio. Como a marca escolhe seus embaixadores?

FR:  Os embaixadores são escolhidos por terem afinidades e valores em comum com a marca. São talentosos, bem-sucedidos e referências em seus meios de atuação.

RM: Com mais de 100 anos de história, a marca continua sendo uma das mais prestigiadas na área da relojoaria e está em constante evolução. Quais os principais fatores desse sucesso?

FR:  É muito importante se manter atualizada às demandas de cada tempo. O avanço das tecnologias e os materiais não param e é preciso estar em constante evolução. Procuramos nos aprimorar sem esquecer o nosso passado.

RM: Quais as principais novidades da marca para 2016?

FR:  Este ano teremos no Brasil o novo Mônaco, o Connected Watch, o Heuer 01 e o Heuer 02. São peças que certamente vão agradar aos amantes da alta relojoaria. Até o final do ano teremos mais surpresas. Podem esperar.

Túnel do Tempo

Em seus 156 anos de história a marca icônica passou por acontecimentos marcantes. Veja os highlights da marca segundo Freddy Rabbat.

– 1962: A TAG Heuer tornou-se a primeira relojoaria suíça a conquistar o espaço quando o astronauta americano John Glenn, piloto da espaçonave Friendship 7 na Mercury-Atlas 6, usou um cronômetro TAG Heuer na primeira missão orbital dos EUA tripulada por homens.

– 1963: Jack Heuer, inspirado na lendária Corrida de Estrada Carrera Pan-americana do México, lançou o Carrera, primeiro cronógrafo especificamente projetado para o esporte automobilístico.

– 1971: No clássico filme de corrida As 24 Horas de Le Mans, Steve McQueen usou um Mônaco, primeiro cronógrafo de caixa quadrada automático. Sem jamais ter sido parte da cena de Hollywood, McQueen redefiniu o significado de “cool”.

– 1988: Ayrton Senna tornou-se piloto da equipe McLaren e o embaixador da TAG Heuer. Graças a seu carisma, esse tricampeão do mundo foi embaixador da TAG Heuer por vários anos.

– 2004: A TAG Heuer chocou o mundo dos fabricantes de relógios ao apresentar o que especialistas da indústria diziam que jamais veria a luz do dia: o Mônaco V4, primeiro relógio acionado por correia.

– 2012: A TAG Heuer ganhou o prêmio mais cobiçado da relojoaria mundial, o Grand Prix da Relojoaria de Genebra, Aiguille d’Or, com o relógio Mikrogirder, com precisão de 5/10.000 de segundo.

– 2014: Mikropendulums: primeiro turbilhão magnético duplo.
A TAG Heuer tem uma longa história com a Fórmula 1 e recentemente anunciou que a partir deste ano a equipe Red Bull será sua nova parceira. Confira os principais acontecimentos entre a marca e o esporte.

– 1971 – A TAG Heuer foi patrocinadora e cronometrista da Ferrari até 1979. Nesse intervalo, a equipe foi campeã com Niki Lauda em 1975 e 1977.

– 1985 – Patrocinou a McLaren.

– 1986 – Lançou o modelo TAG Heuer Fórmula 1.

– 1988 – Ayrton Senna se tornou embaixador da marca.

– 1992 – Tornou-se cronometrista oficial da Fórmula 1 (até 2003).

– 2016 – Parceria com a Red Bull Racing batizando a equipe com o nome RBR TAG Heuer.

 

Créditos: Divulgação Tag Heuer